Chamadas encerradas

Educação em Ciências no Brasil: interlocuções entre a Universidade e a Educação Básica


Prazo de envio
: até 30 de setembro de 2022

Organização: Waldemar Borges de Oliveira Júnior, Adriana Marques de Oliveira Miranda, Veruschka Silva Santos Melo e Brenda Gonçalves Fortes.

Resumo:  Considerando os argumentos da literatura, a despeito da crise na Educação Básica e no Ensino de Ciências no Brasil – Augusto Cury (2010), Gérard Fourez (2003), Regina Gadelha (2017) – a proposta do e-book, visa consubstanciar pesquisas sobre as dimensões do campo científico – Pierre Bourdieu (2004) – da ciência. Tal enfoque, objetiva corroborar para os trabalhos concretizados e que sinalizam para a necessidade da renovação da ação educacional, a partir da complexidade educativa – Boaventura Santos (2010) – (seja no processo do ensino e aprendizagem ou na formação docente); da “formação ético-política” do(a) docente de Terezinha Rios (2015) e a constituição da identidade docente construída por trilhas formativas do(a) professor(a) de Antônio Nóvoa (2019). Nessa perspectiva, vislumbramos uma diversidade de produções a serem submetidas na proposta do e-book, já que dialogar sobre o Ensino de Ciências no Brasil, significa propiciar debates sobre os elementos e princípios que circundam a Universidade e a Escola Básica, a exemplo, da formação docente, espaços formal e não formal, história da ciência, relações étnico-raciais, CTS/CTSA, tecnologias de informação e comunicação etc. Todos estes “olhares”, possibilitam romper com um Ensino de Ciências padronizado no processo de escolarização no Brasil, principalmente, mediante as alterações estruturais ocorridas nos currículos da Educação Básica e na base formativa inicial docente.

Palavras-chave: Universidade. Educação Básica. Ensino de Ciências. Formação cidadã.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.