Editora Diálogos

Através dos espelhos de Guimarães Rosa e Jostein Gaarder: reflexos e figurações

  • Sinopse
  • Sobre as autoras
  • Como citar
  • Sumário
O espelho é tema central de diversas narrativas – chegando a ser considerado um dos principais personagens em algumas delas. Nesse sentido, o presente livro apresenta uma leitura comparada do conto O espelho (1962), de Guimarães Rosa, e do romance Através do espelho (1993), de Jostein Gaarder, a fim de compreender a representação simbólica do espelho contida nesses textos. Para tanto, propomos um diálogo entre Literatura e Filosofia, tendo por sustentação as teorias dos filósofos Schopenhauer e Merleau-Ponty. Dessa forma, traçamos uma leitura comparada das narrativas de Rosa e Gaarder, analisando as várias significações/simbologias do espelho, tal como se apresentam nesses textos, especialmente, àquelas que dialogam com as propostas filosóficas de Schopenhauer e Merleau-Ponty – que elegem os reflexos e figurações desse enigmático objeto como temática de suas teorias. Trata-se, portanto, de uma pesquisa pioneira que visa expandir os horizontes de investigação de um tema ainda pouco estudado, sob um novo olhar, e, por isso, possibilita outras leituras e reflexões.

Gabriela Lages Veloso
Graduanda do curso de Letras – Língua Portuguesa da Universidade Estadual do Maranhão – UEMA, pesquisadora do Grupo de Pesquisa: TECER – Estudos de Tradução, Discurso e Ensino (UEMA) e bolsista de iniciação científica da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão – FAPEMA. Além disso, é autora de contos, crônicas, poemas e ensaios. E, atualmente, é colunista das Revistas Literatura Errante e Sucuru.

Jeanne Ferreira de Sousa da Silva
Graduada em Letras pela Faculdade Santa Fé (2004), especialista em Literatura Brasileira pela Universidade Estadual do Maranhão, Mestre pela Universidade Estadual do Piauí, e doutoranda em Educação pela Universidade Lusófona de Tecnologias e Humanidade, em Lisboa – Portugal. Atualmente é professora da Universidade Estadual do Maranhão e da Secretaria de Estado da Educação do Maranhão, bem como é coordenadora do Grupo de Pesquisa: TECER – Estudos de Tradução, Discurso e Ensino (UEMA).



VELOSO, G. L.; SILVA, J. F. Através dos espelhos de Guimarães Rosa e Jostein Gaarder: reflexos e figurações. Tutóia/MA: Diálogos, 2021.



1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS

2 IMAGENS NO ESPELHO: ENTRE SÍMBOLOS E ANALOGIAS

2.1 DO ESPELHO COMO SÍMBOLO: UMA LEITURA PRELIMINAR

2.2 NOTAS SOBRE A LITERATURA COMPARADA

3 FACES FILOSÓFICAS DO ESPELHO

3.1 “O MUNDO É APENAS UM ESPELHO”

3.2 O EU E O OUTRO: OS ESPELHAMENTOS DE MERLEAU-PONTY

4 JOGO DE ESPELHOS: ROSA E GAARDER, EM DIÁLOGO

4.1 O ENIGMA D’O ESPELHO

4.2 A VIDA ATRAVÉS DO ESPELHO

4.3 DE ESPELHO A ESPELHO: REFLEXOS E FIGURAÇÕES

5 CONSIDERAÇÕES FINAIS

ISBN: 978-65-89932-35-2

|

×

Olá!

Selecione abaixo um de nossos colaboradores para iniciar o atendimento

×