Editora Diálogos

Língua(gem) e justiça social: saberes, práticas e paradigmas v.1

Este primeiro volume da coletânea Lingua(gem) e justiça social é uma manifestação do axé temperado, cozido e enrolado em nove folhas de mamona da Editora Diálogos. Um axé que aqui é oferecido em nove alguidares, ainda fumegantes e em ebulição; um axé que é oferecido em nove textos. O axé é a força vital que todos os seres possuem. O axé é a força que nos conecta ao mundo e nele nos mantém presentes. Os nove textos que compõem esta coletânea formam um axé discursivo, político e pedagógico, nos convidando a uma agenda dialógica e interventiva no que tange o uso da língua como transe permanente para ver, ser e estar no mundo. Por isso, todos os textos apresentados, após macerarem as violências impostas pela vida na modernidade, firmam o adoxu e urgem nove cortes para a sacralização da língua e seu uso como ensinamento de esteira e de entrincheiramento, ou seja, o seu uso como justiça social.

Mauricio J. Souza Neto

Licenciado em Letras Vernáculas com Língua Estrangeira Moderna (inglês) pela Universidade Federal da Bahia e Mestre em Língua e Cultura pela mesma universidade. Possui certificados de proficiência e ensino de língua inglesa pela University of Cambridge. Com experiência de ensino no Brasil e no exterior (Fulbright Alumni at University of Arizona), desenvolve trabalhos na área de ensino e de aprendizagem de línguas em perspectiva contra-colonial, e tem interesse em trabalhos dessa natureza e na relação entre língua, raça, cultura e comunidade. É membro da REPENSE ? Rede de Pesquisadores NegreS de Estudos da Linguagem, e integra o grupo de pesquisa DTeR - Discurso e Tensões Raciais , da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC).



SOUZA NETO, M. J. Língua(gem) e justiça social: saberes, práticas e paradigmas. Tutóia/MA: Diálogos, 2021. v.1. https://doi.org/10.52788/9786589932253



Língua(gem) e Violência Simbólica
Neila Priscila dos Santos Costa
DOI:10.52788/9786589932253.1-1

Poder, Dominação e Racismo Estrutural: Análise Crítico-Discursiva da Ideologia Judicial no Brasil
Gisleuda de Araújo Gabriel
Cleudene de Oliveira Aragão
Gislene Araújo Gabriel
DOI: 10.52788/9786589932253.1-2

Tradutor e Intérprete de Libras: instrumentalizando o Sistema Judiciário para uma comunicação acessível
Railda Freitas da Silva Costalonga
Flávia Medeiros Álvaro Machado
DOI: 10.52788/9786589932253.1-3

Barreiras na efetivação da audiodescrição na TV e no cinema, apesar das leis
Deise Mônica Medina Silveira
Manoel José Passos Negraes
DOI: 10.52788/9786589932253.1-4

Representações da mulher em campanhas publicitárias da cerveja Skol: uma análise à luz da teoria enunciativa bakhtiniana
Marcela Regina Vasconcelos da Silva Nascimento
DOI: 10.52788/9786589932253.1-5

Experiência leitora como resistência: diálogos entre o Leia Mulheres - Salvador e o Feminismo Negro
Milena Farias de Sousa
DOI: 10.52788/9786589932253.1-6

Língua(gem)-discurso-ideologia: o pós-feminismo e a limitação da justiça social
Agda Dias Baeta
DOI: 10.52788/9786589932253.1-7

Raça e resistência em espaço digital: efeito-autor e legitimidade das mídias negras brasileiras
Larissa da Silva Fontana
DOI: 10.52788/9786589932253.1-8

El colorismo en Latinoamérica: Lo negro también es bonito
Carlui Brower
DOI: 10.52788/9786589932253.1-9

ISBN: 978-65-89932-25-3

|

Start typing to see products you are looking for.
×

Olá!

Selecione abaixo um de nossos colaboradores para iniciar o atendimento

×