Temas para a História Global: teoria, metodologia e fontes

  • Sinopse
  • Sobre os organizadores
  • Como citar
  • Sumário
Esta coletânea é resultado do I Seminário de História Global, evento organizado pelos discentes do Programa de Pós-Graduação em História e Conexões Atlânticas da Universidade Federal do Maranhão, realizado em dezembro de 2019 na instituição e com apoio do quadro docente do programa. Os capítulos constituem avanços parciais das pesquisas individuais e em decorrência dos debates ocorridos durante o evento. Como o leitor poderá ver, os temas abordados são diversos, complexos e ricos, contemplando deste as histórias medievais, passando por questões relativas a regiões de África e da América em vários períodos, até contextos locais do Maranhão e Piauí no Oitocentos e no Novecentos; mas tal diversidade está articulada pelas Conexões Atlânticas, que desde 2019 tornou-se a área de concentração do programa, quando este experimentava significativas reformulações internas. As enriquecedoras disciplinas ofertadas naquele ano e o interesse dos discentes da turma de 2019, em nível de mestrado e doutorado, em proceder às suas investigações nos termos de uma História Global, estimularam a organização daquele evento e a publicação desta coletânea sob o tema geral “Teoria, Metodologia e Fontes”. O evento e esta coletânea constituem registros históricos desse período de incremento da pós-graduação em História no Maranhão. E os organizadores, assim como os autores, esperam ter contribuído com esta obra coletiva para o desenvolvimento da pesquisa histórica no Maranhão.
Dayse Marinho Martins
DOUTORA em POLÍTICAS PÚBLICAS (UFMA). MESTRA em CULTURA e SOCIEDADE (UFMA). GRADUADA em PEDAGOGIA, HISTÓRIA, FILOSOFIA, SOCIOLOGIA e PSICOLOGIA com formação de Psicóloga. GRADUANDA em GEOGRAFIA. DOUTORANDA em HISTÓRIA e Conexões Atlânticas: culturas e poderes (PPGHIS UFMA), sob a orientação do prof. Dr. Alexandre Guida Navarro. ESPECIALISTA em áreas das Ciências Humanas: Psicopedagogia Clínica e Institucional; História do Brasil; Educação Infantil; Metodologia do Ensino de Filosofia e Sociologia; Metodologia de ensino de História; Ensino de História da África e do Maranhão; Planejamento educacional e políticas públicas; Ludopedagogia; Neuropsicopedagogia; Educação Especial/ Inclusiva; Psicologia Educacional; Psicologia Infantil; Arqueologia; Práticas Assertivas da Educação Profissional Integrada à EJA; África e suas diásporas; Etnologia indígena; Antropologia Brasileira; Fundamentos e Organização Curricular; Educação Integral e Integrada; Saúde Mental e Atenção Psicossocial; Educação Profissional e Tecnológica; Pedagogia Hospitalar e Carcerária; Neuropsicologia Clínica; Mitologia; Arteterapia; Informática na Educação. Membra dos Grupos: História, Religião e Cultura Material – REHCULT/ UFMA; e do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Ensino de História - NEPEHIS/ UEMA, sob a coordenação da profa. Dra. Júlia Camêlo. Integra o GT ANPUH-MA “Ensino de História e Educação”. Realiza pesquisas com ênfase em política educacional, currículo, ensino-aprendizagem, história da educação, ensino de história do Maranhão, psicologia infantil, saúde mental, Arqueologia lacustre no Maranhão, Educação Patrimonial. Professora do Ensino Fundamental na SEMED São Luís. Especialista em Educação da SEDUC/MA, Assessora da Diretoria de Ensino no Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA). Psicóloga CRP 22/03627. E-mail: daysemarinho@yahoo.com.br Lattes: http://lattes.cnpq.br/6241320963943327; Orcid: https://orcid.org/0000-0002-3774-7824

Manoel de Jesus Barros Martins Possui graduação em História pela Universidade Federal do Maranhão(1985), especialização em Especialização em Organização de Arquivos - VII pela Universidade de São Paulo(1992) e mestrado em História pela Universidade Federal de Pernambuco(2002). Doutorando em HISTÓRIA pelo Programa de Pós-Graduação em História e Conexões Atlânticas: culturas e poderes (PPGHIS), da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Atualmente é Professor Assistente da UFMA. Tem experiência na área de História, com ênfase em História do Brasil. Atuando principalmente nos seguintes temas:Maranhão, História, Literatura, Intelectuais.

Nivaldo Germano dos Santos DOUTORANDO em HISTÓRIA pelo PPGHIS-UFMA, onde desenvolve o projeto de pesquisa “A Igreja e as Dinâmicas Transimperiais na América Equatorial (séculos XVII e XVIII) ”, com bolsa CAPES e sob orientação da professora Dr.ª Maria Izabel B. de M. Oliveira, e vinculado ao grupo “Poderes e Instituições, Mundos do Trabalho e Ideias Políticas” (POLIMT). MESTRE em HISTÓRIA pelo PPGH-UFF (2014). GRADUADO em HISTÓRIA Licenciatura pela UFMA (2011). Tem experiência em HISTÓRIA, com ênfase em História Moderna e Colonial, atuando principalmente nos seguintes temas: Estado, Igreja e Sociedade; Impérios Ibéricos e América Colonial; História do Brasil e do Maranhão. E-mail: ngermano_s@yahoo.com.br; Lattes: http://lattes.cnpq.br/2514403911405926

Yuri Givago Alhadef Sampaio Mateus DOUTORANDO em HISTÓRIA pelo Programa de Pós-Graduação em História e Conexões Atlânticas: culturas e poderes (PPGHIS), da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Desenvolve a pesquisa de doutorado intitulada: “A (DES) ORDEM IMPERIAL BRASILEIRA: as lutas populares por cidadania no Maranhão no contexto de construção do Estado Nacional (1823-1841)”, orientado pelo Prof. Dr. Ítalo Domingos Santirocchi (UFMA), sob o financiamento da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). MESTRE em HISTÓRIA, ENSINO e NARRATIVAS pelo Programa de Pós-Graduação em História, Ensino e Narrativas (PPGHEN), atual Programa de Pós-Graduação em História (PPGHIST), da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), Brasil. ESPECIALISTA em Supervisão, Gestão e Planejamento Educacional pelo Instituto de Ensino Superior Franciscano (IESF) (2019) e Docência do Ensino Superior pelo IESF (2017). GRADUADO em PEDAGOGIA (licenciatura) pela Faculdade de Teologia Hokemah (Fateh) (2017). GRADUADO em TEOLOGIA (Bacharel) pela Faculdade de Teologia Hokemah (Fateh) (2015. GRADUADO em HISTÓRIA (licenciatura) pela UEMA (2015). Membro do Núcleo de Estudos do Maranhão Oitocentista (NEMO), coordenado pelo prof. Dr. Marcelo Cheche Galves, do INCT Proprietas, e do Grupo de Pesquisa História, Religião e Cultura Material (REHCULT), coordenado pelo prof. Dr. Lyndon de Araújo Santos. Tem interesses nos seguintes temas: Independência, Setembrada, Balaiada, Lutas Populares, Ensino, Educação, Cidadania, Poder, Política, Memória, Identidade. E-mail: yuri_alhadef@hotmail.com; Lattes: http://lattes.cnpq.br/1475424753641704; Orcid: https://orcid.org/0000-0001-8913-3966


MARTINS, Dayse Marinho et al. Temas para a história global: teoria, metodologia e fon-tes. Tutóia: Diálogos, 2021. 214 p.



PREFÁCIO
Natasha Nickolly Alhadef Sampaio Mateus

APRESENTAÇÃO
Dayse Marinho Martins, Yuri Givago Alhadef Sampaio Mateus,
Nivaldo Germano dos Santos, Manoel de Jesus Barros Martins

RELIGIÃO, PODER E ECONOMIA NA AMÉRICA IBÉRICA

CAPÍTULO 1 - ITINERÁRIO TEÓRICO PARA UMA ANÁLISE DA DOCUMENTAÇÃO COLONIAL AMERICANA
Nivaldo Germano dos Santos

CAPÍTULO 2 - “REDUZIDOS A VIDA CIVIL”: civilidade, políticas linguísticas e circulação de conhecimentos no Grão-Pará, Maranhão e Piauí (1750-1777)
Arlindyane Santos da Silveira

CAPÍTULO 3 - UM OLHAR SOBRE ECONOMIA COLONIAL À LUZ DA HISTÓRIA GLOBAL: perspectivas e historiografia
Adriana Dourado Oliveira

CAPÍTULO 4 - “QUE PROCURAO O BEM COMUM DO COMERCIO”: intercâmbios mercantis no Maranhão (1706-1750)
Ana Paula Durans Lopes

DINÂMICAS SOCIAIS DO IMPÉRIO À REPÚBLICA

CAPÍTULO 5 - A (DES)ORDEM DA CIDADANIA IMPERIAL BRASILEIRA: as lutas populares no Maranhão no contexto de construção do Estado Nacional
Yuri Givago Alhadef Sampaio Mateus

PROJETOS DE PODER, LUTAS POLÍTICAS E CONTROLES SOCIAIS DA ÁFRICA AO MARANHÃO
CAPÍTULO 6 - ENCARCERAMENTO E REFORMA PRISIONAL: A Casa de Correção do Maranhão. Seus detentos e o Sistema Prisional do Império à Primeira República (1856-1930)
Marcos Melo de Lima

POPULAÇÕES, TRADIÇÕES E TERRITORIALIDADES NO MARANHÃO CONTEMPORÂNEO

CAPÍTULO 7 - “ EXPANSÃO URBANA EM FINS DO SÉCULO XX: o caso da cidade de Vargem Grande – MA
Eva Rosa do Lago

CAPÍTULO 8 - O IMIGRANTE JAPONÊS NO MARANHÃO: a experiência imigratória de nipônicos na década de 1960
Hemelita da Silva e Silva

CAPÍTULO 9 - POR UM ESTUDO DAS NARRATIVAS POPULARES SOBRE AS ESTEARIAS DO MUNICÍPIO DE PENALVA – MA
Dayse Marinho Martins

RELAÇÕES DE FORÇA NA CRISTANDADE

CAPÍTULO 10 - AS REPRESENTAÇÕES Na CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE CAPETINGIA (ENTRE OS SÉCULOS XI E XII) NA CANÇÃO DE ROLANDO

Elisângela Coelho Morais

CAPÍTULO 11 - “LE CONSIDERAZIONI SULLE STIMMATE (CSD)” E FREI LEÃO: UMA NOVA VISÃO MEMORIALÍSTICA DO MILAGRE DOS ESTIGMAS
Alex Silva Costa

RELAÇÕES DE GÊNERO NO MEIO NORTE

CAPÍTULO 12 - “ÁCIDO COM LEITE ANTES DE DORMIR. MOTIVO AMOROSO LEVA A JOVEM AO ATO TRESLOUCADO”: Suicídio, representações e relações de gênero no jornal Pacotilha – O Globo (1949-1962)
Luciana Costa da Silva Sousa

CAPÍTULO 13 - O TEMPO DAS CURVAS: padrões estéticos femininos nos concursos de beleza em Parnaíba/PI na década de 1950
Mariane de Sales Silva

CAPÍTULO 14 - HISTÓRIA E MEMÓRIA DE MULHERES CERAMISTAS DO BAIRRO POTI VELHO, TERESINA, PIAUÍ
Amanda Lima da Silva

SOBRE OS ORGANIZADORES

SOBRE OS AUTORES E AUTORAS

ISBN: 978-65-994639-6-9

|

×

Olá!

Selecione abaixo um de nossos colaboradores para iniciar o atendimento

×